Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial

Contabilidade BH - Segunda fase do eSocial

Por:Informa Contabil
Artigos | Contabilidade em bh

03

dez 2018

Após modificação do prazo de sua primeira fase, o eSocial prorrogou também a segunda etapa do programa. No último dia 5 de outubro, foi publicada uma resolução com as novas datas no Diário Oficial da União. Além da especificação das mudanças do início da segunda fase – que teve início no último dia 10 – para as empresas do Grupo 2, o documento traz importantes alterações no cronograma do sistema. Confira!

Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – O que é eSocial?

De acordo com a própria Receita Federal, o eSocial é um sistema que foi criado para simplificar a prestação das informações referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, de forma a reduzir a burocracia para as empresas.

Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – O que mudou?

 Até a publicação da Resolução CDES 4/2018, a implementação estava dividida em 4 grupos:

 Grupo 1 – Entidades integrantes do “Grupo 2 – Entidades Empresariais” do Anexo V da IN RFB n° 1.634/2016, com faturamento no ano de 2016 acima de R$ 78 milhões.

Grupo 2 – Demais empresas e contribuintes, exceto os previstos nos grupos 3 e 4.

Grupo 3 – Entes públicos, integrantes do “Grupo 1 – Administração Pública” do Anexo V da IN RFB n° 1.634/2016.

Grupo 4 – Segurado Especial e o pequeno produtor rural pessoa física.

Com a Resolução CDES 5/2018, de 05 de outubro de 2018, o grupo 2 foi dividido em dois novos, incluindo as empresas optantes pelo Simples Nacional em um terceiro grupo; e mantendo as demais entidades empresariais no segundo grupo.

Para a classificação no grupo 2 e 3, o eSocial verificou a situação de opção pelo Simples Nacional em 1° de julho deste ano. As empresas que forem constituídas após esta data, optantes pelo Simples, também entrarão no grupo 3.

As entidades do grupo 4 (anterior) ficaram enquadradas no grupo 3 (atual).

Portanto, a nova divisão dos grupos – que deve seguir o faseamento – ficou assim:

  • Grupo 1 – Entidades empresariais com faturamento no ano de 2016 acima de R$78 milhões. São aquelas integrantes do grupo 2 do Anexo V da IN RFB n° 1.634/2016.
  • Grupo 2 – Entidades empresariais com faturamento no ano de 2016 de até R$78 milhões e que não sejam optantes pelo Simples Nacional.
  • Grupo 3 – Empresas optantes pelo Simples Nacional, empregadores pessoa física (exceto doméstico), produtor rural PF e entidades sem fins lucrativos.
  • Grupo 4 – Entes públicos e organizações internacionais.

 As empresas de médio porte (faturamento entre 4,8 milhões e R$ 78 milhões em 2016 e que não são optantes do Simples Nacional), tiveram o prazo da primeira fase de implantação do eSocial ampliado – terminaria em agosto e foi estendida até setembro.

Com a mudança, a fase 2, que seria iniciada em setembro, passou para o mês de outubro – último dia 10. Nesta segunda etapa, os empregadores devem informar ao eSocial os chamados eventos não periódicos (dados dos trabalhadores e seus vínculos com as empresas) até 9 de janeiro de 2019.

Dessa forma, as empresas terão um prazo maior para prestarem as informações, conforme definido pelo Comitê Diretivo do eSocial (CDES).

Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – Cronograma atualizado

 A Receita Federal voltou a alterar o cronograma de obrigatoriedade do envio das informações ao eSocial, com etapas definidas conforme o tamanho e tipo da empresa.

 Acompanhe a seguir o cronograma do eSocial, que foi atualizado pela Resolução CDES nº 05, publicada no dia 5 de outubro:

Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – Micro e pequenas empresas

 Em julho deste ano, o eSocial também anunciou prorrogação para as micro e pequenas empresas. O prazo de adesão, que seria até o dia 16 de julho, foi prolongado para novembro, conforme decisão do Comitê Diretivo do eSocial publicada no DOU.

Dessa forma, as empresas com faturamento anual de até 4,8 milhões e MEIs com funcionários (não precisam aderir ao sistema aqueles sem empregados) terão mais tempo para se adequarem às novas regras.

 Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – Micro e pequenas empresas optantes pelo Simples Nacional

 Incluindo o microempreendedor individual (MEI), essas empresas não devem enviar eventos para o eSocial antes dos novos prazos estabelecidos para esse grupo. Somente quando o sistema for reaberto para elas, em janeiro de 2019, é que as informações já enviadas poderão ser retificadas ou complementadas.

Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – Micro e pequenas empresas não optantes pelo Simples Nacional

O prazo para essas empresas foi flexibilizado. Elas poderão enviar seus eventos de tabelas e eventos não periódicos de forma cumulativa com os eventos periódicos, no prazo previsto para estes últimos – 10 de janeiro de 2019 (Nota Orientativa eSocial 07/2018, publicada em 09/10/2018).

Contudo, a opção de envio cumulativo de todos os tipos de eventos a partir de 10 de janeiro, altera o prazo apenas para o envio dos eventos. Não altera o marco temporal a partir do qual a ocorrência de cada tipo de evento deve ser informada ao eSocial.

Portanto, os eventos ocorridos a partir do início da obrigatoriedade de cada tipo de evento – 16 de julho para os eventos de tabela e 10 de outubro para os não periódicos – deverão ser informados no eSocial para todas as empresas do grupo 2.

Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – Eventos

Cada fase de envio das informações é composta por um conjunto de eventos. Veja a lista  com todos os eventos não periódicos que deverão ser enviados nesta segunda etapa do eSocial:

  • S-2190 – Admissão de trabalhador – Registro preliminar

Este evento é opcional e deve ser utilizado quando não for possível enviar todas as informações do evento S-2200 – admissão de trabalhador até o final do dia imediatamente anterior ao do início da respectiva prestação do serviço.

  • S-2200 – Cadastramento Inicial/Admissão/Ingresso do trabalhador
  • S-2205 – Alterações de dados cadastrais do trabalhador
  • S-2206 – Alterações de contrato de trabalho
  • S-2230 – Afastamento temporário
  • S-2250 – Aviso Prévio

Vale lembrar que estes Eventos acima somente serão enviados se o Evento S-2200 já estiver constando na base do eSocial.

  • S-2260 – Convocação para trabalho intermitente
  • S-2298 – Reintegração
  • S-1200 – Remuneração de trabalhador vinculado ao Regime Geral de Previdência Social, S-1202 – Remuneração do servidor vinculado ao Regime Próprio de Previdência Social (estes dois eventos serão enviados na terceira etapa, a partir de 01/11/18).
  • S-2400 – Cadastro de Benefícios Previdenciários
  • S-2299 – Desligamento
  • S-2300 – Trabalhador sem vínculo de emprego/estatutário (início)
  • S-2306 – Trabalhador sem vínculo de emprego/estatutário – alteração contratual
  • S-2309 – Trabalhador sem vínculo de emprego/estatutário (término)
  • S-3000 – Exclusão de Eventos

 

Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – Objetivo

O objetivo da Receita com essas alterações é dar um prazo maior de adequação por parte das empresas a esse novo sistema que, para muitos, parecia simples; mas que tem o seu grau de complexidade.

Contabilidade BH – Segunda fase do eSocial – Conclusão

 Fique atento às novas mudanças, observe o cronograma com atenção. Cumprir os prazos é essencial para que, ao final de cada fase, a empresa já esteja preparada para a próxima etapa. O não envio dentro dos prazos pode gerar atraso nos recolhimentos e penalidades para as empresas.

Portanto, para evitar correr riscos perante o Governo, procure uma assessoria contábil eficiente para auxiliá-lo em mais essa empreitada, fazendo tudo certo, da forma correta.

Contrate uma contabilidade BH de confiança. Entre em  contato com a Informa Contábil. Solicite agora mesmo orçamento, retornamos rápido.

Assuntos Relacionados: Contabilidade em Bh auxilia na implantacao do e-socialDicas de Contabilidade em bh para as mudanças no IRPJ das empresasContabilidade em bh alerta sobre as alterações nas retenções federaisContabilidade em bh orienta na administração do tempoContabilidade em BH orienta Programa 5SContabilidade em BH e a Administração de PessoalEscrituração Contábil de Contabilidade em BH – ProcedimentosContabilidade em bh esclarece o Carnê-leãoContabilidade em bh ajuda a organizar finanças da empresaAdministradora de Condomínios em BH é nota 10Melhor contabilidade de bhContabilidade no prado bh é a Informa ContábilFazer IRPF com contador em bhContador BH explica IRPFContador Luxemburgo BH faz IRPFContador Lourdes BH faz IRPFContador Sagrada Família BH faz IRPFContabilidade bh alerta sobre fraudes cnpjContabilidade em bh – transformação digitalContabilidade em bh – digitalização de documentosContabilidade em bh – saia da criseContabilidade Igarape MGContador Igarape explica IRPFContabilidade Igarape faz diferençaContador Igarape faz IRPFContabilidade Condominios BH abre CNPJContabilidade Igarape – CNPJContabilidade Igarape com qualidadeContabilidade BH – Obrigacoes acessoriasContabilidade BH – Alteracao ContratualContabilidade Betim – Alteracao ContratualContabilidade Betim – Obrigacoes acessoriasContabilidade Contagem – Alteracao ContratualContabilidade Contagem – Obrigacoes acessoriasContabilidade Nova Lima – Alteracao ContratualContabilidade Nova Lima – Obrigacoes acessoriasContabilidade Lagoa Santa – Alteracao ContratualContabilidade Igarape – Obrigacoes acessoriasContabilidade Igarape – Alteracao ContratualContabilidade BH – Opcao Simples

 

Compartilhe:

Rua Brumadinho, 210 – Bairro Prado – Belo Horizonte – MG – Brasil

+55 (31) 3332.0544

contato@informacontabil.com.br

Segunda à Quinta: 08:00 – 18:00 Sexta Feira: 08:00 – 17:00