Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa

Contabilidade Nova Lima - Baixa empresa

Por:Informa Contabil
Contabilidade em bh | Contabilidade por regiao

22

Sep 2017

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa deve ter planejamento

A má gestão, a falta de planejamento e a fraca atividade econômica fazem com que muitas empresas acumulem dívidas e precisem fechar as portas. O caso da agência curitibana de turismo Interlaken, que anunciou pelo Facebook o encerramento das atividades sem dar assistência aos clientes e sem pagar os credores, é o pior caminho a ser trilhado pelos empreendedores, alertam especialistas.

Um passo essencial é acompanhar o caixa da empresa diariamente para perceber com antecedência os primeiros sinais de que o negócio não é mais viável economicamente. Para o coordenador do MBA em Gestão Estratégica da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Cleverson Renan da Cunha, o momento de repensar o negócio chega quando se constata que a empresa não está conseguindo mais ser competitiva e os consumidores rejeitam o produto ou serviço oferecido.

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa com impostos em crescimento

É importante que o proprietário da empresa se antecipe ao problema, antes de deixar as dívidas crescerem. O professor recomenda observar o comportamento dos clientes e dos concorrentes para pensar em soluções que salvem a empresa do buraco. É possível, em alguns casos, mudar a atividade para outra mais rentável.

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa, 1.287 pedidos de recuperação

Foi o número de pedidos de recuperação judicial no ano passado, um aumento de 55% frente aos 828 pedidos registrados em 2014. O resultado é o maior para o acumulado do ano desde 2006, após a entrada em vigor, em junho de 2005, da Nova Lei de Falências.

Se as dívidas já existem, o empresário deve negociar com os credores para tentar salvar a empresa. Reduzir o montante do pró-labore retirado é outra opção. Se isso não der certo, o segundo passo é tentar a recuperação judicial, quando a Justiça concede prazos maiores e juros menores ao devedor.

Em último caso, se o empreendedor notar que não tem mesmo como honrar com suas dívidas, a alternativa é decretar a própria falência. Microempreendedores individuais (MEI) fazem todo o processo de baixa pela internet, através do Portal do Empreendedor. Já microempresas e empresas de pequeno porte, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões, demoram entre três e seis meses para conseguir dar baixa, pois é necessário cumprir várias etapas.

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa com dívidas

É possível fechar as portas mesmo tendo dívidas, mas o ideal é que os sócios efetuem os pagamentos dos débitos em aberto. O consultor e sócio da Consult, Ademar Cardec Seccato, alerta para o fato de que os débitos continuarão em vigor mesmo com a baixa efetuada. Tributos em abertos serão atribuídos à pessoa física dos sócios e clientes, enquanto funcionários e fornecedores lesados podem recorrer à Justiça.

O juiz vai analisar cada caso e pode vir a bloquear bens. Se for provado que a companhia agiu de má fé para obtenção de vantagem, causando prejuízo a outro e utilizando de qualquer meio fraudulento, fica caracterizado o crime de estelionato.

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa, integração de órgãos públicos

Para diminuir o tempo de fechamento de uma empresa, o governo federal lançou o Redesimples, um Sistema de Registro e Licenciamento de Empresa (RLE) que integra união, estados e municípios para reunir, em um processo único informatizado, a abertura, licenças de funcionamento e a baixa de empresas. A promessa é que as etapas sejam concluídas em poucos dias. O

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa, processo:

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa Microempreendedor individual (MEI)

Para o MEI, o processo de baixa é todo informatizado, através do Portal do Empreendedor.

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa micro e pequenas empresas

1º Passo

Fazer o distrato social, documento em que os sócios da empresa informam o motivo do fechamento e apontam a divisão de bens.

2º passo

Registrar o distrato social na Junta Comercial ou no Cartório.

3º Passo

Dar baixa do CNPJ na Receita Federal. No Paraná, o processo está integrado à Junta Comercial.

4º Passo

Dar baixa no alvará de funcionamento na Prefeitura e na Receita Estadual (para comerciantes).

5º Passo

Dar baixa na entidade de classe a qual está vinculado, se for o caso.

Contabilidade Nova Lima – Baixa empresa – Recuperação judicial é caminho para quitar dívidas

A recuperação judicial é uma alternativa para as empresas que não estão conseguindo fechar as contas e que não querem encerrar as atividades.Em 2015, a quantidade de pedidos bateu recorde, segundo dados da Serasa Experian. O número cresceu 55% – o maior desde 2006 –, puxado pelos 688 requerimentos feitos por micro e pequenas empresas.

O primeiro passo, segundo a professora de Ciências Contábeis da Universidade Positivo Lúcia Young, é tentar uma recuperação extrajudicial, quando o empresário tenta negociar diretamente com seus credores. Se essa solução não der certo, o caminho é entrar com o pedido de recuperação judicial.

Para solicitá-lo, o empreendedor precisa provar que não têm condições de pagar as dívidas imediatamente e que conseguirá cumprir o acordo no período estabelecido. O instrumento está previsto na lei e consiste em dar um tempo extra para a empresa quitar suas dívidas, enquanto continua funcionando normalmente.

O empresário precisa apresentar o plano de recuperação à Justiça e os credores devem aceitá-lo. Micro e empresas de pequeno porte têm a possibilidade de optar por um plano especial, que prevê o financiamento das dívidas em até 36 parcelas, acrescidas de juros, com prazo de carência de 180 dias.

Caso a empresa não honre com os compromissos firmados, ela entra em processo de falência, também decretado pela Justiça. Em outro caminho, o empreendedor pode requerer também a própria falência.

Fonte: Gazeta do Povo

Ajudamos você ? Não deixe de entrar em Contato, retornamos rápido.
Orçamento sem Compromisso para Contabilidade em Nova Lima.

Assuntos Relacionados: Contabilidade em Bh auxilia na implantacao do e-socialDicas de Contabilidade em bh para as mudanças no IRPJ das empresasContabilidade em bh alerta sobre as alterações nas retenções federaisContabilidade em bh orienta na administração do tempoContabilidade em BH orienta Programa 5SContabilidade em BH e a Administração de PessoalEscrituração Contábil de Contabilidade em BH – ProcedimentosContabilidade em bh esclarece o Carnê-leãoContabilidade em bh ajuda a organizar finanças da empresaAdministradora de Condomínios em BH é nota 10Melhor contabilidade de bhContabilidade no prado bh é a Informa ContábilFazer IRPF com contador em bhContador BH explica IRPFContador Luxemburgo BH faz IRPFContador Lourdes BH faz IRPFContador Sagrada Família BH faz IRPFContabilidade bh alerta sobre fraudes cnpjContabilidade em bh – transformação digitalContabilidade em bh – digitalização de documentosContabilidade em bh – saia da criseContabilidade Igarape MGContador Igarape explica IRPFContabilidade Igarape faz diferençaContador Igarape faz IRPFContabilidade Condominios BH abre CNPJContabilidade Igarape – CNPJContabilidade Igarape com qualidadeContabilidade BH – Obrigacoes acessoriasContabilidade BH – Alteracao ContratualContabilidade Betim – Alteracao ContratualContabilidade Betim – Obrigacoes acessoriasContabilidade Contagem – Alteracao ContratualContabilidade Contagem – Obrigacoes acessoriasContabilidade Nova Lima – Alteracao ContratualContabilidade Nova Lima – Obrigacoes acessoriasContabilidade Lagoa Santa – Alteracao ContratualContabilidade Igarape – Obrigacoes acessoriasContabilidade Igarape – Alteracao ContratualContabilidade BH – Opcao Simples

Compartilhe:

Rua Brumadinho, 210 – Bairro Prado – Belo Horizonte – MG – Brasil

+55 (31) 3332.0544

contato@informacontabil.com.br

Segunda à Quinta: 08:00 – 18:00 Sexta Feira: 08:00 – 17:00