+55 (31) 3332.0544 / [email protected]

Descubra como reduzir seus impostos em 2020

No artigo de hoje você vai conferir algumas dicas para reduzir seus impostos em 2020. Confira!-digital

Por:Informa
Sem categoria

14

fev 2020

Não é novidade para ninguém que ultimamente as empresas têm sido atingidas pelos efeitos do conturbado cenário econômico que temos vivido, e não seria diferente neste ano de 2020. Diante disso, os empresários têm focado na redução de impostos como forma de compensar as altas cargas tributárias, falta de recursos e a competitividade do mercado.

Para que as empresas sobrevivam, tornou-se essencial poupar dinheiro. Quer saber como economizar legalmente com os impostos, diminuindo a carga tributária e gastando menos com o recolhimento dos tributos?

No artigo de hoje você vai conferir algumas dicas para reduzir seus impostos em 2020. Confira!

Agindo sempre na legalidade

Repetindo o que falamos repetidas vezes, a carga tributária que incide sobre as empresas brasileiras é muito alta. E deixar de pagar algum tributo está fora de cogitação, afinal, isso implica em multas e sanções, fazendo com que elas operem na ilegalidade.

O jeito é pagar menos impostos sem contrariar o que a legislação prevê. Para isso é necessário contar com a ajuda de profissionais da contabilidade que conheçam a fundo os detalhes legislativos e estejam aptos a realizar uma análise completa do seu negócio. Principalmente se você não tem tempo ou conhecimento suficiente para acompanhar as questões tributárias da sua empresa.

Por isso é que micro e pequenas empresas precisam de toda ajuda possível para saber quais os detalhes dos regimes tributários, formas de tributação, impostos incidentes e qual caminho seguir para ter as vantagens fiscais que prevê a legislação do país.

Dicas para pagar menos impostos em 2020

Confira algumas dicas de como você vai fazer na sua empresa para pagar menos impostos a partir desse ano de 2020, tendo uma redução de custos na operação do seu negócio:

Conheça a tributação de seus produtos e serviços

A primeira dica de como você pode olhar para o seu negócio e identificar as possibilidades de redução de custo, redução de impostos é conhecer a tributação de cada um dos produtos, de cada um dos serviços vendidos na sua empresa. Muitos não conhecem, é um erro muito comum cometido por vários empresários. E isso come uma grande fatia do lucro que poderia ficar no caixa da empresa e ir para o bolso.

Simples Nacional

Via de regra, a tributação das empresas do Simples Nacional deveria ser simplificada, mas não é tão simples assim. Dentro da contabilidade existe a segregação de receita, que nada  mais é do que separar a receita por tipo de produto que se vende. Cada produto tem uma classificação contábil, tem um código que é utilizado.

Se o sistema não for parametrizado da forma correta, pode ser que todas as vendas saiam da empresa tributadas. Quando, na verdade, não necessariamente tudo o que você vende seja tributado. Isso é muito comum em pequenos, até em grandes mercados, farmácias, padarias, sorveterias, restaurantes, lanchonetes, autopeças.

Há outras atividades que também ocorre essa situação, mas estamos citando essas porque comercializam produtos que já têm o ICMS-ST e o PIS e Cofins monofásico. Significa que esses impostos já foram pagos em uma etapa anterior e, quando você revende para o consumidor final ou até mesmo para outro tipo de revenda, não mais incidirão.

Se você emitir a nota correta, se parametrizar o seu sistema corretamente, esses impostos não incidirão, o que fará com que o seu pagamento seja bem menor. Há muitos empresários que não se atentam a isso. Simplesmente cadastram o produto no sistema, realizam a venda e acabam tributando. Tudo passa despercebido e a tributação acaba sendo mais alta do que realmente seria devido.

Cuidado para não pagar mais impostos sem necessidade

Muitos empresários compram suas mercadorias para revenda fora do seu estado porque identificam que há um custo menor. Só que não se dão conta de que, no momento em que esse produto vai entrar no estado, há uma cobrança de ICMS – a parte daquele ICMS que está no Simples Nacional, se for o caso da empresa ser desse regime.

Muitas vezes não se pode creditá-lo, pois é pago a parte; o que pode tornar o seu produto muito mais caro. Então, ao adquirir produtos para revenda, analise se, de fato, é mais interessante comprá-los de fora do estado.

Ou pagar um pouco mais caro, mas adquiri-los de dentro do seu estado. Porque não haverá essa diferença de ICMS, que será pago dentro do DAS, caso a empresa seja do Simples. Nele, vem toda a tributação sem que haja essa cobrança adicional, que muitas vezes as empresas também não se atentam e acabam sendo surpreendidas quando chega a guia de ICMS para pagar.

Pague as contas da empresa regularmente

Se você quer reduzir os impostos em 2020, então não pode deixar as contas atrasarem. Pagá-los em atraso pode comprometer o caixa da empresa, seja pelo acréscimo de juros ou pelos bloqueios judiciais. Sem mencionar o fato de que, caso você resolva parcelar o débito, a dívida é ainda mais prolongada.

Faça o Planejamento Tributário

O principal objetivo do planejamento tributário é recolher o menor imposto possível, por meio de estratégias seguras e legais que reduzem ou extinguem taxas e tributos. Não precisa ser aquele planejamento burocrático, mais complexo. Sente com o seu contador, que entende do seu negócio, e faça um planejamento de forma simplificada.

A questão aqui é que você precisa fazer um comparativo e  identificar qual regime tributário é o mais ideal para sua empresa: o Simples Nacional, Lucro Presumido ou o Lucro Real. O contador pode sentar com você e pegar todos os seus números, a sua receita, as suas despesas, os seus investimentos, o seu resultado, e calcular para ver em qual desses regimes você terá, de fato, o menor custo possível.

A regra, na maioria das vezes, é que micro e pequenas empresas sempre trabalhem com o Simples. Mas, em alguns casos, podem estar tendo uma margem muito pequena, e migrar para um outro regime tributário pode ser uma boa opção.

O ideal é fazer essa análise todo início de ano para identificar se você pode se beneficiar ao mudar de regime tributário.

*A mudança de regime tributário só pode ser feita no período de transição entre exercícios, que acontece na virada do ano. Para isso, o empresário e o contador devem ter em mãos as previsões de faturamento da empresa, despesas, margem de lucro, além de outros elementos relevantes para essa  tomada de decisão.

Conclusão

Viu como você pode reduzir seus impostos em 2020 e garantir a lucratividade da sua empresa?

Por isso a importância de contar com o auxílio de uma equipe contábil especializada. Ela lhe dará todo o suporte necessário para que você pague menos, mas pague certo; sem correr riscos e ter melhores resultados dentro da sua empresa.

Se precisar de ajuda fale conosco, nós da Contabilidade Belo Horizonte temos uma equipe altamente qualificada que poderá auxiliá-lo em todos os assuntos que envolvem a sua empresa, mantendo-a sempre em dia. Conte com a experiência e tradição da Informa Contábil! 

Contrate uma contabilidade em BH de confiança. Entre em  contato com a Informa Contábil. Solicite agora mesmo orçamento, retornamos rápido.

Tenha em mente a Informa Contábil! Produzimos conteúdos exclusivos para a sua leitura sobre a área de contabilidade.

Compartilhe:

Rua Brumadinho, 210 – Bairro Prado – Belo Horizonte – MG – Brasil

+55 (31) 3332.0544

[email protected]

Segunda à Quinta: 08:00 – 18:00 Sexta Feira: 08:00 – 17:00

WhatsApp chat